VIAGEM: Porto Seguro - Bahia

21 janeiro 2014

Porto Seguro, na Bahia, tem vários lugares e praias para conhecer, por isso, decidimos montar um post que mostrasse o lado geral da cidade, destacando as dez coisas mais legais que conhecemos. Viajamos para lá em dezembro de 2013 e fomos embora um dia antes do réveillon, não tinha muita gente, super tranquilo para passar as férias sem se preocupar com trânsito, que horas chegar na praia e etc. 


Ficamos na praia de Itaperapuan, o hotel era bem perto, apenas uma quadra de distância. De lá, íamos a pé até o Beat Beach, um barzinho/restaurante desses de beira de praia. Achei Itaperapuan muito mais organizada do que as nossas praias do Sul, os bares eram separados, tinham cobertura, mesas, cadeiras e até espreguiçadeiras diferentes, eles também não ficavam tão "em cima" da praia, o que era ótimo, porque quem queria andar, jogar frescobol e etc, poderia ficar por ali sem se preocupar. Obs: o que colabora com isso é a falta de lugares para alugar guarda-sol e cadeiras. Um outro barzinho que chama a atenção é o Axé Moi, o local, além de ter todas as funções de um restaurante de praia normal, tinha um palco onde alguns dançarinos/professores ensinavam coreografias aos clientes, geralmente, era axé. Água de coco, açaí com cupuaçu e lagostas são vendidas por comerciantes da praia #musteatit




A famosa Passarela do Álcool não é tão polêmica quanto dizem. Ali concentram-se os restaurantes frequentados à noite pela maioria dos turistas, o Cadillac, por exemplo, é um dos melhores (o melhor, eu acho), música ao vivo, bom preço e qualidade definem o lugar. Na Passarela, também encontramos muita tapioca e cocada (cocada de chocolate <3), vendidas em várias barraquinhas. 




Algumas lojas como a Arte e Couro, onde encontramos várias roupas e acessórios do material por um preço ótimo, e a Ásia Shop, na qual as cangas são quase exclusivas e baratas, fazem também parte da Passarela do Álcool, essas foram as mais diferentes que encontramos, as outras são muito parecidas. Nas barraquinhas, as baianas de barro e os CDs/DVDs "Bahia 2013/2014" são os souvenires mais vendidos, compramos ambos (esquecemos de fotografá-los, mas, em breve, mostraremos na decoração do nosso apartamento). Ah, a música que mais tocava lá era essa:


A parte do "Álcool" da Passarela é bem pequena, algumas barracas de drinks como a "Ai, Delícia!" (conhecida pela proprietária que grita, literalmente, no meio da Passarela para conseguir clientes) são as mais visitadas. Além disso, duas ou três vendem bebidas com rótulos e cores diferentes, a "Cachaça Gay", por exemplo, é uma delas (existem outras -polêmicas-, mas não achamos necessário comentar). 




Dentro da cidade, o Memorial Epopeia do Descobrimento é um dos únicos pontos turísticos. São cobrados R$ 10 por pessoa para entrar, a partir disso, um guia conta como foi o descobrimento do Brasil, mostrando árvores, ocas, fotografias, o relógio que eles usavam e, por fim, uma reprodução da nau, na qual os portugueses chegaram ao Brasil. Não é um passeio longo, na verdade, é bem mais rápido do que parece.
















Sobre Porto Seguro é isso, logo liberamos os posts sobre Trancoso, Cabrália e Arraial D'Ajuda. =]

Um comentário:

  1. Que delícia! Da uma vontade imensa de ir visitar. Já estou ansiosa pelos próximos! :D

    ResponderExcluir