DIRETO DA RUA: O SANTO TÊNIS

19 setembro 2014

Foto: Pinterest
Se você presta atenção em algumas marcas ou lê alguma coluna sobre moda, deve ter percebido que os tênis conseguiram um grande espaço na construção de um look. Não que isso só tenha acontecido agora (a nossa realidade não é feita de saltos), mas, finalmente, as grandes vozes da moda compreenderam que precisamos usar esse calçado, seja por causa do trabalho, da rua toda uniforme, do conforto ou, simplesmente, do gosto. 

A Burberry, assinada por Christopher Bailey, por exemplo, apostou nos tênis em seu último desfile, no London Fashion Week. Por coincidência ou não, o rosto da marca, Cara Delevingne, apareceu no evento com um par nos pés. Apesar da surpresa, o look de Cara, na verdade, foi usado frequentemente nas últimas temporadas europeias; a "transformação" do item se deve à moda de rua, que incorporou o calçado para qualquer momento. 

Chegada de Cara Delevingne e Kate Moss para assistir ao desfile da Burberry Prorsum. 

Foto: David Fisher, Rex Features.
Pode até ser que a Chanel, assinada por Karl Lagerfeld, tenha colocado em prática a ideia do tênis há um bom tempo, porém não foi de maneira "real", o glamour da marca continuou e não tornou o calçado tão possível para o público (apesar disso é bom lembrar: de um desfile, as pessoas tiram inspirações e detalhes, a ideia de Karl funcionou, o tecido e o tênis foram para o mercado, de modos diferentes, mas foram). 

A expectativa é que os modelos mais "esportivos" ganhem mercado, como os modelos da Nike, Adidas e New Balance. As cores também são destaques e deverão ter muita ligação com as bolsas, que nas novas coleções abraçaram o mesmo estilo, tanto em cor quanto em material e formato. 


Foto: Pinterest
No Brasil, a mistura desse high-low — que agora virou só high? , já acontece, porém não com os looks mais ligados aos que as fashionistas usam. O tênis é usado aqui pelo conforto e praticidade e, provavelmente, não terá dificuldade alguma em ser adaptado para o público.
*High-low: alto e baixo da moda, peça tendência e peça "menos importante".

Para quem prefere o Converse ou os modelos mais leves, fica uma dica de compra: a italiana Superga. Além de ser acessível ao bolso e entregar em qualquer lugar do mundo, a marca também tem calçados distribuídos em lojas brasileiras! Encontrei alguns modelos que considerei diferentes e que eu usaria:



Nenhum comentário:

Postar um comentário