Black Friday: 6 livros sobre moda

27 novembro 2014

Ok. Não consegui escrever os posts para a black friday, mas, ao clicar aqui, você pode ter uma noção das nossas apostas que poderão ser suas metas nesta sexta-feira. Enquanto a data não chega, preparei uma lista de livros sobre moda (talvez eu faça uma lista que não seja técnica, wait). Muitos dos títulos que estão aqui embaixo foram referências para o meu artigo (que, aliás, eu ainda não comentei no blog, wait again), por isso, se você tem interesse ou muita curiosidade nessa área, vale dar uma olhada! 

A Moda e seu Papel Social: Classe, Gênero e Identidade das roupas - Diana Crane
SINOPSE: Diane Crane traça, aqui, um histórico das relações que mediaram a criação e as transformações no uso da moda. Estudando a moda desde sua origem, a autora demonstra como sua função de indicar status social foi gradativamente alterada, nas sociedades contemporâneas, para a de fator de construção da identidade do indivíduo, mediante sua correspondência com valores que cada pessoa escolhe cultivar.
Minha opinião: acredito que esse foi o livro que mais me fez entender a moda. O exemplar é enorme, caro (R$86 e se estiver disponível), totalmente técnico, mas te fará se apaixonar ainda mais pelo assunto. Antes de ler qualquer outro que fale sobre estilo e blá blá blá, procure compreender. Eu não tenho o tal exemplar ainda, emprestei da biblioteca da faculdade e, finalmente, pretendo comprá-lo agora. 

A moda - Erika Palomino

SINOPSE: "A Moda" apresenta o universo da alta-costura, do prêt-à-porter ao streetwear, explicando o funcionamento das engrenagens do Planeta Fashion - Paris, Milão, Londres e Nova York. O livro analisa a cadeia têxtil e o ponto de partida das tendências, além de esclarecer os principais conceitos e correntes no estudo da moda. A obra inclui um histórico sobre a moda brasileira e serve como paradidático para os cursos de Moda.
Minha opinião: o oposto do livro anterior, "A Moda" é finíssimo e super barato (R$20). Destaca coisas importantes sem enrolação e acaba despertando curiosidade por isso mesmo. Os assuntos não são abordados profundamente, então, dependendo do que te chamar a atenção, você acaba procurando ainda mais. Foi o que aconteceu comigo, pelo menos. Diferente da Crane, Palomino tem um texto fácil e simples, não tem como não entender. Também não tenho o exemplar, li pela mesma biblioteca e, agora, pretendo adquiri-lo para ser meu "memorex" da moda. 

Glamour - Diana Vreeland

SINOPSE: Na década de 1980, instigada por sua editora - Jacqueline Kennedy Onassis -, a lendária expert em moda Diana Vreeland (1903 - 1989) preparou uma inspirada seleção de suas imagens favoritas, produzidas por fotógrafos como Man Ray, Elliott Erwitt e Sir Cecil Beaton, e nelas baseou os seus próprios comentários sucintos e incisivos, elementos que fizeram do livro Glamour um clássico instantâneo. Nesta apurada reedição, a obra, inédita no Brasil, é apresentada por um prefácio do estilista Marc Jacobs. Glamour reúne um precioso conjunto de fotos extraídas de revistas de moda, imagens captadas pelas lentes dos paparazzi, assim como retratos de ícones da literatura e das artes , entre outros, Maria Callas, Gertrude Stein, Eva Perón, Mick Jagger, Audrey Hepburn e o general Charles de Gaulle. Diana Vreeland foi editora de moda da Harper's Bazaar por 26 anos e editora-chefe da Vogue entre 1963 e 1971. Seu ponto de vista surpreende até hoje pelo frescor incomparável e abertura para o futuro.
Minha opinião: é uma pseudo-barça opinativa da moda. Diana Vreeland foi um dos maiores nomes da área, vale ler tanto para saber mais do assunto quanto da própria Diana. É caro (R$80), tem letras super pequenas e, no começo, dá até medo. De qualquer modo, essa é uma Bíblia que você, realmente, deveria conhecer.

O Essencial - Costanza Pascolato

SINOPSE: Respeite sua essência. Seja você mesma. É o jeito mais inteligente de construir seu estilo, sua maneira de viver e de se vestir. E você vai ver: estilo é fundamental para a autoestima. Costanza Pascolato. As modas passam, mas a elegância fica. Costanza Pascolato que o diga. Há décadas a empresária e consultora de moda é considerada uma das mulheres mais elegantes do país. Seu segredo? O essencial, cara leitora. Suas dicas simples e práticas mostram que ter estilo não é tão caro nem tão complicado quanto parece. Combinando oito itens básicos os essenciais com acessórios charmosos, é possível montar um guarda-roupa elegante e versátil, tanto para o dia a dia de trabalho quanto para um jantar com amigos ou uma noite de festa. Com bom humor e bom senso, Costanza alterna lições de estilo e de vida: indica truques para disfarçar os pontos fracos, mostra como misturar peças caras e baratas, elege os pares de sapato fundamentais e ensina a não perder a cabeça nas liquidações. Para compor um estilo pessoal e intransferível, é preciso antes de tudo descobrir o que se afina com seu corpo, seus hábitos e personalidade. Se você não deseja se transformar numa vítima da moda, identifique o que lhe cai bem, em vez de seguir fielmente o que as passarelas ditam. Afinal, tão importante quanto a roupa que você veste é a maneira como escolhe se comportar: sua atitude, postura e inteligência.
Minha opinião: bom, há um tempo fiz a resenha do livro, clique aqui para ler. É "essencial" que você leia. Btw, esse eu tenho.

Ismos - para entender a moda - Mairi Mackenzie

SINOPSE: Seja como fenômeno cultural, seja como negócio altamente lucrativo, a moda sempre foi um espelho da sociedade, refletindo as dinâmicas sociais, econômicas e políticas de cada época. A autora Mairi Mackenzie debruça-se sobre esse espelho em transformação para revelar uma moda que não se limita ao mundo da alta-costura. Seu objeto de estudo é a moda integrada à construção e à comunicação de identidades sociais – a moda que ajuda a delinear classe, sexualidade, idade, etnia e preferências culturais do usuário. O livro reúne as tendências de design e os movimentos que moldaram a evolução do traje desde o século XVII, período a partir do qual se pode contar com documentação histórica confiável. De modo conciso, identifica o contexto, as características, as obras e os significados mais importantes de cada estilo. Esses ismos da moda estão classificados em ordem cronológica, ainda que, com frequência, alguns tenham ocorrido simultaneamente. A autora traça influências e conexões dos grandes criadores da moda moderna, como Paul Poiret, Coco Chanel e Christian Dior, com destaques do design contemporâneo como John Galliano e Marc Jacobs. Ao mesmo tempo, não deixa de lado nomes de personagens históricos e de celebridades que tiveram e têm papel fundamental ao consolidar e ditar estilos – da imperatriz Maria Antonieta a lady Diana Spencer, de Sarah Bernhardt a Sarah Jessica Parker.
Minha opinião: ajudou muito nas minhas aulas de História da Arte e da Cultura. Se você gosta disso, vai adorar o livro. É um resumo, como a própria autora diz, mas bem mais fácil de ler (ao contrário do próximo título). Uso muito o "Ismos" para escrever no blog, na coluna e etc, principalmente, por ser um livro organizado e objetivo. 

Tudo sobre moda - Marnie Fogg

SINOPSE: A história do vestuário diz muito sobre a sociedade e seu tempo, e não há como negar que hoje a moda é um fenômeno global. Dos estilos de vestir da Grécia e Roma antigas até as surpreendentes criações contemporâneas, este livro reúne mais de 20 séculos de moda, apresentando um panorama de sua origem e evolução nos quatro cantos do mundo. Organizado cronologicamente e escrito por uma experiente equipe de críticos e jornalistas especializados, este guia é fundamental para entender a relação do homem com a indumentária e o espaço cada vez maior que a moda ocupa na sociedade. Destaca os principais designers e grifes e suas contribuições para os mais diversos estilos e tendências, oferecendo uma análise detalhada de suas criações. Ajuda a compreender o contexto sociocultural em que as vestimentas foram criadas. Apresenta a história da moda de maneira acessível, numa diagramação que facilita a leitura e com mais de mil ilustrações. Proporciona o entendimento aprofundado do processo criativo da alta-costura: o conceito, a atenção aos detalhes, os triunfos na passarela. 
Minha opinião: eu poderia dizer que li tudo, mas estaria mentido. É um livro gigantesco, com letras pequenas, com muita história e conteúdo. Uma verdadeira barça. O melhor jeito de procurar sobre alguma época, tecido, estilo ou tendência. Uso sempre para escrever, principalmente, sobre coisas específicas. Paguei caríssimo pelo exemplar (hoje, está mais "barato": R$59), por isso, aproveite bem essa black friday. PS: recomendo mais que o "100 anos de moda", pois o título da Fogg é mais completo.

É claro, esses não foram todos os livros de moda que li, mas, no momento, são esses que recomendo. Possivelmente, até o Natal eu postarei aqui mais indicações, preciso terminar de ler alguns e decidir se algum outro sai da lista negra (sim, existem vários livros "fracos" sobre o assunto). Se quiser recomendar algum título, nos avise! ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário